Gillette nos anos 90

gillete53.jpg1989 Mediante investimentos de US$7,5 milhões,instala uma fábrica de componentes plásticos e metálicos em sua unidade de Manaus.

1993 Introduzido no país o Senor.No final do ano seguinte, lançou o Sensor For Waman, no Brasil, as pesquisas indicam que 82% das mulheres se depilam, sendo que 96,2% usam lâminas.Portanto, o mercado é promissor: 42,5 milhões de consumidores potenciais,dos quais a Gillete pretende conquistar 10%. nos EUA,em menos de 18 meses,mais de 15 milhões de aparelhos foram vendidos. A previsão de vendas de um ano na Holanda foi atingida no primeiro mês.E, na Nova Zelândia,em 15 meses, foram vendidos 168 mil aparelhos femininos,ante 164 mil aparelhos de barbear.

1995 A Gillete foi o maior exportador da Zona Franca,embarcando US$20 milhões.

Nos anos 80, a empresa introduziu de oito a 10 novos produtos por ano.Esse ritmo mais do que dobrou,com mais de 20 introduções de novos produtos ao ano-quase dois por mês.A administração trabalhou para reduzir o tempo requerido para introduzir os produtos da Gillete em todo o mundo. Para uma empresa em que 70% das suas vendas são fora dos EUA,isto é uma parte crítica do processo de lançamento.O bem sucedido Sensor levou quatro anos até ter cobertura completa em nível global. A gillette quer reduzir esse tempo pela metade.

1990 A Gillete fechou a fábrica brasileira de artigos de toalete,que respondia por 10% de suas receitas. A decisão de abandonar a produção de xampus,desodorantes,colônias e condicionadores de cabelo já havia países da Europa. A fábrica fechada no Brasil, na rodovia Presidente Dutra tinha 300 funcionários. Suas marcas principais no Brasil eram: Avanço,You,Feel Free, Silkience,Verland.

1992 Lançada nos EUA a linha Series,de produtos pós-barba,desodorantes e cremes de barbear.Após anos de tentativas,adquire 70%de uma fábrica em Shangai,que,em alguns anos,passa a ser a maior produtora de lâminas da Ásia.

1993 Lançado,nos EUA, o gel hidratante para depilação feminina Satin Care. Com os novos produtos da linha Series, as vendas da divisão de artigos para higiene pessoal cresceram roubustos 17%,o que significou acréscimo de US$140milhões á divisão,que tinha receita de US$ 1 bilhão.1993 A Oral-B,que já fora líder do mercado,tendo uma fatia de 30%,viu sua participação cair para 22%,lado a lado com a Colgate,Para reforçar a posição nesse setor,a Gillette optou por ampliar a linha.Foram lançados creme dentais e produtos de limpeza bucal e novas escovas. O presidente da Oral-B,Glem Archibald,disse:” Você não pode sobreviver ,se permanecer em apenas um dos segmentos no négocio de cuidados e higiene da boca”.

1993-1995 A Braum levou meses estudando o que faz o sabor e o aroma de determinado tipo de café diferir de outro.Em sua nova cafeteira, a FlavorSelect,é possível controlar o tempo em que a água fervente permanece em contato com os grãos de café, de forma a determinar as características da bebida.Outro produto recente é o FlexControl. Trata-se de um barbeador elétrico com uma mecanismo que ajusta seu ângulo de acordo com o contorno facial do úsuario.Seu preço de lançamento,no Japão e na Europa,em 1991,foi de US$200,bem acima do preço US$70 dos melhores barbeadores,depiladores elétricos no mundo e de aparelhos elétricos para higiene oral. Além disso,tem a boa fatia do mercado de secadores e modeladores de cabelo.

1995 Lucros líquidos de US$823,5milhões, sobre receitas de US$6,79bilhões. A Gillette obteve 70%de seu faturamento fora do mercado norte-americano.Adquiriu mundialmente a divisão de escovas dentais da Warner-Lambert, com a marca Pro.Essa divisão apenas atuava na América Latina,tendo tido receita de US$40milhões.No ano seguinte,adquire a marca e os ativos do fabricante de lâminas Factory for Consumer Products, de São Petersburgo,principal fabricante de aparelhos de lâmina dupla na antiga União Soviética.

1996 A Gillette é Líder mundial em 13 categorias de produtos,que responderam por 81% de suas vendas de 1996 de US$9,7 bilhões.O lucro foi de US$1,2 bilhão.A empresa atinge um valor de mercado de US$56 bilhões atinge a marca de 29 trimestres de ganhos de dois dígitos nos lucros.Finalmente desde 1986,os acionistas viram retornos anuais de 31%.

1997 Cerca de 1,2 bilhão de pessoas usam diariamente produtos Gillete.Stete anos antes,esse número era de 800milhões.Após a compra da Duracell,passou a ter 29% das vendas e 52% dos lucros provenientes das lâminas.

1998Lança o Mach 3,dotado de três lâminas, sucessor do Senor.Afirma ter gasto US$750milhões no desenvolvimento do produto, que resultou no pedido de 36 patentes e na criação das novas unidades industriais. O aparelho é composto por apenas 24 prtes. Com apenas 18 meses de vida, o Mach3 chegou a 52% do mercado de aparelhos masculinos em unidades- e 60% em valor.No período,foram vendidos 24milhões de aparelhos e 201 milhões de lâminas de reposição.Desempenho semelhante fora atingido pelo Sensor em quatro anos.

2000 A Gillette vende sua unidade White Rain,produtora de xampus,ao mesmo tempo,amplia o dividendo pelo vigéssimo-terceiro ano seguido,comemorando 95 anos consecutivos de pagamentos de dividendos aos acionistas.

One Response to “Gillette nos anos 90”

  1. mkting Says:

    interessante!!!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: